Internacional

Holanda inaugura maior bicicletário do mundo na cidade de Utrecht com 33 mil vagas

O maior bicicletário do mundo, o Utrecht Stationsstalling (estação de estacionamento de bicicletas) demorou cinco anos para ficar pronto, consumiu 30 milhões de Euros e possui 12.500 vagas de estacionamento. A instalação é parte integrante da nova estação de Utrecht. Houve um atraso de oito meses na previsão do término da obra.

O tempo de construção foi longo para que a estação de trem permanecesse totalmente operacional. A primeira parte foi aberta em agosto de 2017. Naquela época havia seis mil lugares. Em outubro de 2017, esse número foi aumentado em 1.500 para 7.500 vagas. Esperava-se então que a parte final tivesse sido concluída no final de 2018.

Agora, ha espaço para estacionar cerca de 33.000 bicicletas na área da Estação Central de Utrecht, das quais cerca de 22.000 vagas são públicas e gratuitas nas primeiras 24 horas.

Segundo o blog Bicycle Dutch, isso não significa que o número seja suficiente para o futuro. Na semana passada, o crescimento do número de passageiros ferroviários foi de 4,6% no primeiro semestre de 2019, enquanto o esperado era de apenas 1,9%. Uma vez que 53% dos viajantes chegam de bicicleta à estação de Utrecht, o estacionamento em torno da estação central estará cheio até 2025 ou até antes. A cidade já está trabalhando em novas e futuras soluções para o futuro.

O maior estacionamento de bicicletas do mundo foi desenvolvido a um custo considerável. A cidade de Utrecht informa que o custo foi superior a 30 milhões de euros ou mais de € 2.400 por vaga de estacionamento.

O custo foi dividieo entre a empresa ferroviária (Prorail, gestão de infra-estruturas, cerca de 60%), a cidade de Utrecht (20%) e o Ministério dos Transportes (20%). A Nederlandse Spoorwegen (gestão dos transportes ferroviários de passageiros) e a União Europeia, através do Mecanismo Interligar a Europa (CEF), também contribuíram.

Todo o sistema de estacionamento de bicicletas ao redor da Utrecht Central tem a colaboração dessas instituições, que contribuíram com mais de 50 milhões de euros no projeto, ainda em andamento, para reconstruir a área no entorno da estação de Utrecht.

A nova garagem é de propriedade do município, que também gerencia toda a instalação. Os acordos financeiros com as partes envolvidas no desenvolvimento foram feitos para gerir o custo de manutenção e gestão do dia-a-dia. O bicicletário funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, e emprega cerca de 40 pessoas, incluindo os funcionários da oficina para fazer pequenos reparos.

A antiga garagem sob as plataformas número 1 e 2 era propriedade da Railways. Aquela antiga instalação tornou-se parte da nova. É onde as pessoas podem estacionar bicicletas com cestas e assentos infantis, e é também onde estão armazenadas as 1.000 bicicletas de transporte público (OV-Fietsen).

foto: Petra Appelhof

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Guia dos Pedais

Um site sobre bikes

VIVIMETALIUN

Pensamos demasiadamente e sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas. Mais de bondade e ternura que de inteligência. Sem isso, a vida se tornará violenta e tudo se perderá. Charles Chaplin.

Bicicletada Curitiba

A rua é de todos!

BICYCLE DUTCH

All about cycling in the Netherlands

BikeHandling

Bikes, Outside & Messlife

Europe Bike Travel

Sharing Experiences traveling by bicycle.

Bike Zona Sul

Nosso norte é o Sul!

Bike aos pedaços

Notícias do mundo da bike, avaliações, informações, lançamentos, dicas e novidades

Depressão com Poesia

Assumi o conflito que afeta a saúde mental e apaga o amável = depressão. Combato-a com a força da escrita, haja POESIA. Elaborar a dor em arte é o foco. Venham e vamos juntos ler a vida.

Humberto Abdo

Repórter cultural e correspondente internacional

maismaismedicina

blog para a divulgação e discussão de temas médicos de interesse geral

Jornal Bicicleta

Notícias legais e que importam sobre cultura da bicicleta

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Longreads

The best longform stories on the web

The Daily Post

The Art and Craft of Blogging

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d blogueiros gostam disto: